sexta-feira, 29 de junho de 2012

Moqueca Capixaba

Ingredientes 
1500g de peixe em postas (usei cherne)
01 limão (suco)
03 dentes de alho bem  picados para temperar
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto
Pimenta malagueta a gosto
01 alho triturado para refogar
01 colher de sopa de azeite
01 cebola grande cortada em cubos
04 tomates bem batido no multi processador ou liquidificador
01 tomate sem pele e sem semente cortado em cubos
1/2 maço de coentro lavados 
4 colheres de sopa de azeite com colorau
Cheiro verde picado a gosto 

Modo de Fazer a Moqueca 
Lavar as postas de peixe, escorrer bem. Temperar com limão, alho, sal, pimenta a gosto. Deixar tomar gosto por 30 minutos.  Refogar o alho no azeite, colocar o tomate batido, o tomate em cubos, a cebola. colocar as  as postas de peixe bem arrumadas. Não colocar uma sobre as outras. Espalhar o maço de coentro sobre as postas de peixe. Colocar pimenta malagueta ,se gostar. Regar o azeite com colorau sobre o peixe. Cozinhar em fogo alto, sacudindo a panela de vez em quando para não agarrar no fundo. Corrigir o sal se for necessário. Por uns 20 minutos mais ou menos. Retirar o coentro e se você gostar, espalhar o cheiro verde assim que tirar do fogo. Está pronta a Moqueca Capixaba.  Nada impede que você faça com outro tipo de peixe, ok? 
Coloquei umas rodelas de pimentão colorido, quase ao final do cozimento, só para dar um toque visual.
Fica bom demais!!!

Como Fazer Azeite com Colorau
Vai ficar tipo um óleo de colorau( saudável, pois é feito com azeite que é ótimo para a saúde)
100ml de azeite extra virgem
1 pacotinho de colorau (18g)
Misturar tudo e deixar macerar por 4 horas. Coar bem e colocar em um vidro esterilizado e tampar.
Usar para Moqueca de peixe, Frango ensopado etc. Enfim, serve para ser usado em tudo que você utilizar colorau. O bacana é que não fica aquele pó moído na comida. Receitinha da minha doce mãezinha Luzia.

Ingredientes para o Pirão
01 dente de alho triturado
01 colher de sopa de azeite
01 tomate sem pele e sem semente cortado em cubos
01 cebola pequena cortada em cubos 
01 colher de sopa de azeite com colorau
Posta do rabo do peixe ou a cabeça do peixe
03 xícaras de chá de água
Sal a gosto
1/2 xícara de chá mais ou menos de farinha de mandioca

Modo de fazer o Pirão
Dourar o alho no azeite. Colocar todos os ingredientes e a cabeça do peixe ou rabo. Deixar cozinhar até engrossar um pouco o caldo. Corrigir o sal se for necessário. Acrescentar a farinha de mandioca aos poucos até engrossar. Talvez não precise de toda a farinha, por essa razão é que se coloca aos poucos. Eu deixo para colocar a farinha no caldo quando já estou com a mesa posta e o peixe já pronto. Porque eu acho que fica mais gostoso e bem quente.

Existem dois tipos de Moqueca -  Baiana que é feita com leite de coco e azeite de dendê.
Moqueca Capixaba - originária da minha terrinha Espirito Santo que é mais ou menos como eu fiz.
Ambas são dos DEUSES,mas eu tenho preferência pela Capixaba. Por que será?Rsrs
Meus docinhos, espero ter agrado a vocês com essa receitinha!
Beijos 1000. Re


22 comentários:

  1. Deve ser divina mesmo eu adorei a receita,bom final de semana beijos

    ResponderExcluir
  2. Regina:
    eu tenho preferência pelas duas, hehe..
    Tanto é que sempre tenho em casa semente de urucum, ao qual faço esse azeite aí. E ainda dá para guardar o mesmo e usar em outras coisas, como você disse.
    A sua está 'espetaculosa'!

    Bjinhus..

    ResponderExcluir
  3. Aí Regina, que maravilha!!!!

    Adorei ver vc falar das coisa belas e boas de sua terra. Terra de litoral generoso onde a tradição pesqueira dá o tom de sua culinária, com a utilização de peixes e frutos do mar, principalmente os crustáceos.

    Nova Almeida, Vitória, Guarapari, Anchieta, Meaipe, Piúma, Marataízes e tantas outras.

    Capixaba, em tupi, significa pequena roça, ou rocinha. Era assim que os índios denominavam suas plantações de milho e mandioca. Por isso, os moradores de Vitória passaram a chamar os índios que ali viviam de capixabas.

    Tanta cultura tem seu estado, haja vista a fundação de Vitória que data de 1551. Uma ilha né? Cuja maior influência, por conta disso, é a indígena, com algumas técnicas herdadas dos portugueses e uma pequena participação africana.

    Isso se deveu por que as terras capixabas ficaram isoladas por um longo tempo após o descobrimento, já que não havia grandes lavouras de cana-de-açúcar, nem estavam na rota das minerações.

    Bom fim de semana minha querida e parabéns pelo post tão bacana!!!

    ResponderExcluir
  4. GOSTEI MUITO DO SEU BLOG, VOU SEGUIR COM ATENÇÃO, E TEM CÁ RECEITAS MARAVOLHOSAS, PARABENS!!

    ResponderExcluir
  5. Regina, ficou linda, deu água na boca.
    Bjs e Bom Final de Semana

    ResponderExcluir
  6. Regina que maravilha estou com água na boca.
    bjo

    ResponderExcluir
  7. Como sou de um estado que é neutro em relação a moquecas, eu não saberia escolher. É muito bom, ambas. Adorei a receita, deu para sentir o cheio da moqueca daqui. =)

    ResponderExcluir
  8. REGINA MINHA QUERIDA,
    ESTE PRATO NÃO DÁ PRA DISPENSAR QUE DELÍCIA, FICOU LINDO!

    BOM FINAL DE SEMANA JUNTO A SUA FAMÍLIA!
    BJS ♥

    ResponderExcluir
  9. Só pra vc saber... qdo o seu blog abre e aparece esse bolo maravilhoso eu quase morro de vontade...Depois rolando a barra e dando de cara com esse esplêndida moqueca, chega a dar comichão. E sabe de uma coisa, eu curto mais a capixaba, não sou muito chegada no dendê e no leite de coco.Delícia!beijão

    ResponderExcluir
  10. NUNCA COMI MOQUECA MAS SE PODESSE SERVIA JÁ ,POIS TEM MESMO UMA ASPECTO DELICIOSO.
    BOM FIM DE SEMANA
    BJS

    ResponderExcluir
  11. Nunca comi uma moqueca Capixaba, mas a imagem me levar a crer q é deliciosa!
    Bjs
    Vivi
    www.viviass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Rê querida, para mim é sempre um prazer vir te visitar e você me receber com essa moqueca é tudo di bom...rs, adoro!
    Um ótimo fim de semana para você!
    Bjuss!!!

    ResponderExcluir
  13. Hummm, este prato dispença comentário!!!
    Ficou maravilhoso!!!

    Bjs...Um ótimo final de semana!!!

    ResponderExcluir
  14. hummm...que delicia tudo que tem por aqui no seu blog é divino parabéns.............me deliciei passeando pelas paginas! bjokas

    ResponderExcluir
  15. Linda sua moqueca minha flor de maracujá. Adoro moqueca, e já tive o prazer de provar a Baiana e a Capixaba, de fato a Capixaba é melhor, para o meu paladar,gosto da Baiana, mas o coco mascara um pouco o sabor delicioso do peixe. Ficou um visual lindo. Bjos querida um excelente domingo

    ResponderExcluir
  16. Oi Re. Conheci o seu blogue através de outro blogue, e vim visitar. Adorei logo de cara, porque eu adoro bolo de aniversário. O bolo de pão de ló que você fez, a massa não fica crua no meio não? Pq eu sempre faço pão de ló e fica cru no meio. Será que é por eu colocar no forno pré aquecido?? Desculpa pela visita com pergta!! Rs.. Beijos..

    ResponderExcluir
  17. Mayara, seja bem vinda,ok?
    Quanto você dizer que a massa pão de ló que faz sempre fica crú, pode ter vários motivos. Um deles pode ser o forno preaquecido por muito tempo sim, quando você coloca o bolo no forno pode haver um choque térmico e acontecer o que você descreveu.Pode ser liquido demais (leite demais). Tente fazer como eu faço e depois me conta como ficou. De um modo geral eu não gosto de forno preaquecido nem muito alto.Eu penso que a massa tem que entrar no forno na mesma temperatura da massa,ou seja, ligar e colocar o bolo no forno. Demora mais um pouco, porém o resultado final é melhor!
    Exceto em alguns casos eu uso forno preaquecido. Por essa razão que sempre destaco se é ou não preaquecido. Espero ter te ajudado de alguma forma. Essa massa é ótima, pode usar o liquido que você quiser, pois fica bem aerada!
    Bjinhos.Re

    ResponderExcluir
  18. OI Re que delicia de receita!
    Nem espero pra ter a minha casinha pra fazer esses pratos mais elaborados, aqui em casa não dá!
    Re tá chegando hein?! E tenha certeza que quando estiver me casando vou lembrar de cada uma de vocês que me acompanharam nessa trajetória e torceram por mim!
    Super beijo e bom domingo! ;**

    ResponderExcluir
  19. Oi Regina,
    A primeira vez que comi moqueca foi qdo eu fui para Salvador, embora achei tudo mt condimentado e forte, gostei muito, mas acho que vou gostar mais ainda da moqueca capixaba, preciso experimentar! Adorei a dica que vc deu de azeite com colorau, vou fazer aqui em casa, obrigada por partilhar!
    Bjsss
    Sileni
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    primeiramente gostaria de lhe parabenizar pelo seu site, depois informo que tomei a liberdade de colocar alguns de seus links em um novo Agregador de Receitas que foi recém criado. Caso não deseje ter seus links divulgados no Agregador, basta me informar e prontamente os retirarei. Em contrapartida, caso ache interessante este novo canal de divulgação de links, espero poder contar com sua ajuda, seja enviando seus novos posts para que possam ser divulgados, informando a seus leitores sobre este novo Agregador ou mesmo divulgando nosso banner e/ou nosso endereço web. Para conhecer o Agregador de Receitas, acesse http://busquereceitas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Adoro essa comidinha, a sua deve ter ficado deliciosa, pelo aspecto logo se vê.

    Tenha um excelente fim de semana, bjs

    ResponderExcluir
  22. Querida Rê, passando pra lhe desejar um excelente final de semana e agradecer a força e o carinho. Bjos minha flor. Fique com Deus

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...